Dois mandatos são cumpridos em operação de combate a pedofilia em MT (atualizada)

Foto: Reprodução

A Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso participa da terceira fase da operação Luz na Infância.

A ação foi deflagrada nesta quinta-feira (22), em âmbito nacional, pelo Ministério da Segurança Pública.

Em Mato Grosso são cumpridos dois mandados de busca e apreensão domiciliares contra suspeitos de armazenamento de conteúdo pornográfico infantil.

No Estado os trabalhos são realizados pela Gerência de Combate aos Crimes de Alta Tecnologia (Gecat), Delegacia Especializada de Defesa da Criança e Adolescente (Deddica) e Delegacia de Sinop.

Na Capital, durante cumprimento do mandado, um homem de 40 anos foi flagrado com conteúdo de pedofilia em seu aparelho celular.

Ele foi encaminhado à Deddica e autuado por “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”.

Além disso, foi apreendido um notebook na residência.

Ao mesmo tempo, em Sinop a busca e apreensão domiciliar resultou na apreensão de CPUs, notebook e o aparelho celular utilizado por um suspeito de armazenar conteúdo pornográfico infantil.

O material recolhido será alvo de análise junto a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O resultado subsidiará às investigações em andamento que são conduzidas pela Polícia Civil.