Confira o ranking semestral de atendimentos do Procon Estadual

‘Serviços Essenciais’ lidera ranking presencial. Na plataforma de reclamação online, ‘Telecomunicações’ é a área mais demandada.

‘Serviços Essenciais’ lidera o ranking de reclamações
Assessoria/Procon-MT

De janeiro a junho de 2018 o Procon Estadual, órgão vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), registrou 16.688 reclamações.

De acordo com dados do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), foram realizados 10.679 atendimentos. Já na plataforma online www.consumidor.gov.br foram 6.009 reclamações no primeiro semestre.

Sindec (atendimento presencial)

Do total de 10.679 procedimentos administrativos registrados no Sindec no primeiro semestre deste ano, a área de “Serviços Essenciais” foi a mais reclamada, ocupando o primeiro lugar do ranking, com 5.989 reclamações.

O setor “Assuntos Financeiros”, com 1.600 registros, ocupa o segundo lugar e, em terceiro lugar, com 1.456 atendimentos, está o setor “Produtos”.

O setor “Serviços Privados”, ocupa o quarto lugar, com 1.104 registros. Em quinto lugar está a categoria “Saúde”, com 295 procedimentos registrados. O sexto lugar, com 128 registros, é ocupado pelo setor “Alimentos”.

Em último lugar, com 107 registros, está o setor “Habitação”. Confira abaixo os três assuntos mais reclamados por área no Procon Estadual de 01 de janeiro a 30 de junho de 2018:

Áreas:

1º) Serviços Essenciais: 5.989

1) Energia Elétrica: 2.965

2) Água e Esgoto: 1.682

3) Telefonia Celular: 856

2º) Assuntos Financeiros: 1.600

1) Banco Comercial: 398

2) Cartão de Crédito: 364

3) Cartão de Loja: 230

3º) Produtos: 1.456

1) Combustível automotivo (gasolina/álcool/diesel/gás): 187

2) Telefone (convencional, celular, interfone, etc): 173

3) Botijão de gás: 173

4º) Serviços Privados: 1.104

1) Escola (Pré, 1º, 2º Graus e Superior): 204

2) TV por Assinatura: 186

3) Estabelecimento Comercial (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc): 147

5º) Saúde: 295

1) Farmácia/Drogaria: 119

2) Plano de Saúde Regulamentado: 67

3) Convênio de Assistência Médica/Odontológica: 30

6º) Alimentos: 128

1) Farináceos (fubá, polvilho, etc): 42

2) Bebidas alcoólicas: 10

3) Massas: 13

7º) Habitação: 107

1) Condomínio: 39

2) Incorporação (construtoras e incorporadoras): 27

3) Loteamento: 23

Confira, abaixo, as dez empresas mais reclamadas no Sindec (atendimento de forma presencial):

1) Energisa Mato Grosso Distribuidora de Energia – 2.984 registros

2) Águas Cuiabá S.A – 1.521 registros

3) Claro S.A – 560 registros

4) Telefônica Brasil S.A. – 368 registros

5) OI S.A – 282 registros

6) Via Varejo S.A – 188 registros

7) Caixa Econômica Federal – 169 registros

8) Tim Celular S.A – 161 registros

9) Banco do Brasil SA – 141 registros

10) Sky Brasil Serviços LTDA – 131 registros

Integram o banco de dados do Procon-MT os registros efetuados na sede do órgão e nos postos de atendimento do Ganha Tempo da Praça Ipiranga, Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping e da Assembleia Legislativa.

Atendimento Online

Por meio da plataforma www.consumidor.gov.br, o Procon registrou 6.009 reclamações em Mato Grosso. A área “Telecomunicações” foi a mais demandada, com 2.392 registros. Em segundo lugar, estão os “Serviços Financeiros”, com 2.128 reclamações, e em terceiro “Produtos de Telefonia e Informática”, com 669 registros.

Na quarta posição da plataforma, está a categoria “Demais Produtos”, com 216 reclamações; em quinto lugar, aparece a categoria “Transportes”, com 221 registros; e em sexto lugar está “Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos”, com 200 reclamações.

“Demais Serviços”, com 128 reclamações´, ocupa o sétimo lugar do ranking; “Saúde” com 23 registros, está na oitava colocação; e “Turismo/Viagens”, com 12 reclamações, ocupa a nona posição.

Na décima posição está a categoria “Alimentos”, com oito registros; seguido de “Educação”, que ocupa a 11ª posição do ranking, com sete reclamações; e “Água, energia e gás” que, com cinco registros, está na 12ª posição. A categoria “Habitação” não teve nenhuma reclamação registrada no semestre.

Veja, abaixo, o resumo de reclamações registradas na plataforma www.consumidor.gov.br no primeiro semestre de 2018.

Áreas

1º) Telecomunicações: 2.392

2º) Serviços Financeiros: 2.128

3º) Produtos de Telefonia e Informática: 669

4º) Demais Produtos: 216

5º) Transportes: 221

6º) Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos: 200

7º) Demais Serviços: 128

8º) Saúde: 23

9º) Turismo/Viagens: 12

10º) Alimentos: 08

11º) Educação: 07

12º) Água, Energia e Gás: 05

13º) Habitação: zero

TOTAL: 6.009

Serviço

O Procon-MT atende na sede estadual, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (do CPA), nº 917, Edifício Eldorado Executive Center – Bairro Araés, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h, para registro de reclamações, audiências, consulta de processos e protocolo de documentos.

No posto do Várzea Grande Shopping, o atendimento ocorre das 10h às 19h, e no posto do Ganha Tempo do CPA, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. No posto da Assembleia Legislativa, o atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 151 ou (65) 3613-8500.