Comerciantes pedem medidas mais drásticas contra ambulantes em Rondonópolis

Comerciantes pedem medidas mais drásticas contra ambulantes em Rondonópolis
Ambulantes na Praça dos Carreiros - Foto: Roger Andrade

A divulgação de que o Departamento de Controle Urbano da Prefeitura de Rondonópolis iniciou um trabalho de identificação e organização dos vendedores ambulantes da cidade, gerou mal-estar entre os comerciantes locais.

Os empresários alegam que a concorrência é desleal com quem paga os impostos corretamente ao município.

De acordo com informações, já nesta sexta (9), a categoria deve se reunir para analisar e debater a questão dos ambulantes.

Em encontro, no mês de maio deste ano, na Acir, empresários do setor de alimentação (bares, restaurantes, lanchonetes e padarias) se reuniram para debater a questão.

Eles questionaram, na época, os termos da fiscalização rigorosa que enfrentam em detrimento à fiscalização e controle dos estabelecimentos informais ou mesmo ambulantes.

O presidente da CDL, Neles Farias, foi taxativo ao afirmar que, acima de tudo, o que falta em Rondonópolis é respeito a quem trabalha na legalidade.

“Somos fiscalizados, cobrados e nossos impostos e taxas só crescem. Enquanto isso os informais vendem comida, roupas e móveis sem pagar nada e nem passam pela fiscalização”.