Candidato Wellington recebe documento dos empresários de Rondonópolis

Candidato Wellington recebe documento dos empresários de Rondonópolis

Mais um candidato ao governo do Estado, participou do encontro com empresários, dessa vez no auditório da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis – Acir. CDL, Sindicato Rural, Acir e Sindicato do Comércio Varejista se uniram e redigiram um documento intitulado “Manifesto da classe empresarial”, que está sendo direcionado aos candidatos ao governo de Mato Grosso.

No documento são apresentadas propostas de apoio à governabilidade do estado, com sugestões para que os empresários e a população em geral se sintam mais engajados no poder público e reconhecido como agentes importantes da cidadania.

“Baseamos nosso documento em necessidades como na infraestrutura do aeroporto, das estradas, dos distritos industriais; nas questões tributárias que pesam demais na atividade empresarial; nos desmandos que assistimos pela falta de fiscalização e a expansão da sonegação e da informalidade que acaba prejudicando quem trabalha corretamente. Enfim, precisamos de respeito à classe que produz, gera emprego e renda para o Estado”, disse Juarez Orsolin, presidente da Acir.

Neles Farias, presidente do CDL, disse que espera do novo governado, principalmente fiscalização. “Nossa categoria não aguenta mais competir com a informalidade que acaba vendendo mais barato porque sonega tudo. Queremos um governo mais austero a respeito disso”.

O presidente do Sincom, Almir Santana, também reforçou a questão da fiscalização e da necessidade de projetos viáveis para que o comércio se recupere com a participação do poder público no que compete ao Estado.

Os empresários também se manifestaram e o diretor do jornal A Tribuna, Samuel Logrado, se posicionou a respeito do documento. “Queremos que seja lido e respeitado. O que solicitamos no Manifesto é para que possamos continuar trabalhando”.

O candidato ao governo, Wellington Fagundes, lembrou a todos que as raízes dele são no comércio. “Nasci em Rondonópolis e aqui montei meu negócio. Conheço bem o setor e as dificuldades que enfrentamos. Estou entre colegas e, inclusive, fui presidente da Acir por dois mandatos. Então vocês podem esperar de mim o melhor governo. Sei das dificuldades que Mato Grosso se encontra e das necessidades para que possamos reencaminhar o estado ao desenvolvimento. A máquina pesada e muitas deficiências para sanar, mas estamos dispostos”.

Wellington foi o terceiro candidato ao governo do Estado a comparecer frente aos empresários e receber o Manifesto Empresarial, que deverá servir de base das necessidades e angústias da classe.