Aprenda a criar um roteiro de viagem

Viajar enriquece a alma e é um dos investimentos que mais vale a pena fazer, afinal é um momento em que podemos nos desligar da rotina e dos problemas do dia a dia e abraçar uma nova experiência.

A partir do momento em que começamos a planejar uma viagem já podemos sentir os seus benefícios sobre nós e nada como um bom planejamento para garantir o aproveitamento do máximo possível.

Um roteiro de viagem é praticamente fundamental para quem não quer perder nenhum momento desde a estrada até o as atividades e passeios no destino final e pode ajudar muito na economia de tempo e dinheiro. Elaboramos algumas dicas fundamentais para quem deseja desenvolver um roteiro de viagem. Confira abaixo!

Destino

O primeiro passo é definir o destino e determinar quanto tempo terá a viagem do início ao fim. Para que você possa visualizar melhor o cenário, crie o roteiro em uma planilha ou em um papel, o importante é você anotar todas as informações.

Anote o período em que estará viajando (baixa, média ou alta temporada), verifique o tempo no período da viagem e quanto de dinheiro pretende investir. Essas informações dará a base para todo o restante do roteiro.

Hospedagem

Procure por uma hospedagem em locais estratégicos que oferece atrações próximas. Muitas pessoas acabam escolhendo uma pousada, por exemplo, em um local mais afastado do centro e acabam levando muito tempo para chegar aos restaurantes ou até mesmo para praticar alguma atividades no local.

Claro que essa escolha varia com o seu estilo, quanto pode gastar, mas é importante pensar em como será o seu deslocamento na região. Na hora de escolher a hospedagem, procure por opiniões de quem já esteve no local, na internet avaliações não faltam.

Pesquise os pontos turísticos

Pesquisar os pontos turísticos antes de viajar vai poupar bastante tempo. Faça uma pesquisa ampla e uma lista do que mais interessa e tente distribuir de acordo com o tempo e orçamento. Organize o que pode ser feito pela manhã, tarde e noite.

Não esqueça de contar o tempo de locomoção e agendar com antecedência atividades que precisam de agendamento (geralmente para atividades radicais como paraquedas, parapente…), assim evita que você fique em uma fila de espera e perca tempo.

Para quem busca economia, procure por atrações gratuitas, muitas cidades oferecem muitas atrações para todos os gostos. Vale pesquisar sobre a época do ano e ver o que tem disponível no momento. Parques e museus são excelentes opções para viagens em família e todo lugar tem suas particularidades que vale a pena conhecer.

Locomoção

Dependendo do destino alugar um carro é uma ótima opção, mas para quem busca economizar usar o transporte local pode ajudar bastante no orçamento.

Muitas cidades oferecem ônibus para os seus principais pontos turísticos, como a rodoviária de BH, por exemplo, que oferece ônibus com saídas para as cidades históricas como Ouro Preto, Mariana, Brumadinho, entre outros destinos mais procurados (veja mais aqui). Para quem faz mochilão incluir o deslocamento por ônibus pode ser bastante econômico.

Outras opções para quem não conhece muito a região é contratar empresas de translados, muitas oferecem pacotes que fazem um tour pela cidade. É recomendável para o primeiro dia, assim você conhece um pouco de tudo e nos dias seguintes investe no que foi mais interessante.

É importante incluir no roteiro o tempo de um local para o outro e calcular alguns imprevistos, como trânsito, assim você terá uma noção se vale a pena ou não percorrer tal distância. Boa viagem!