Alcoolizado, homem joga filho de 17 dias por muro após briga

Bebê de 17 dias foi arremessado pelo pai de muro de 2,5 metros em Santa Bárbara d'Oeste (Foto: Guarda Municipal)

O funileiro de 25 anos preso neste domingo (13) por jogar a filha, uma bebê de 17 dias, por cima de um muro de 2,5 metros chegou em casa embriagado enquanto a família comemorava o Dia das Mães, segundo parentes da vítima ouvidos pela reportagem da EPTV. Ele admitiu o crime, segundo o corporação, e foi preso em flagrante por tentativa de homicídio qualificado em Santa Bárbara d’Oeste (SP).

Após entrar na residência, ele queria pegar a criança no colo, mas a namorada, com que ele mora, não deixou e chamou por socorro.

“Houve a informação que ele chegou alcoolizado na residência tentando pegar o bebê do colo da amasia. Ela se negou e neste momento ela começou a gritar por socorro. Os vizinhos entraram na residência para auxiliar e neste momento que ele viu a entrada dos vizinhos ele tomou a crianças dos braços dela e jogou ao muro do lado”, disse a guarda Juliana Rodrigues.

Quando a os agentes da guarda chegaram, o funileiro estava trancado dentro da casa e havia vizinhos do lado de fora, cercando o imóvel. “Havia uma grande aglomeração de populares que queriam linchar a parte [o suspeito]. Ele estavam trancados na residência. Nós o chamamos, ele percebeu que era a polícia e aí ele resolveu se entregar”. disse Juliana.

A criança caiu próximo a um vergalhão e foi socorrida pelo vizinho que mora no imóvel ao lado. Ele estava próximo a uma janela e viu quando um pano caiu. Em seguida, pessoas começaram a gritar que o bebê tinha sido jogado. “Eu ouvi o pessoal na rua, gritando ‘jogou a criança’. Imediatamente liguei uma coisa com a outra”, disse o vizinho, Valter Gonçalves.

“Por se tratar de uma criança, fica difícil, não é?. (…) É algo indefeso, no meu caso, que eu vi ela no chão chorando e tomei nos braços, não é fácil”, completou.

A criança foi encaminhada para o Pronto-Socorro (PS) Edson Mano e transferido para o Hospital Estadual de Sumaré (HES) noite de domingo. O hospital não informou o estado de saúde até esta publicação.