Aeroporto de Rondonópolis terá seu edital de concessão lançado nesta quinta

O bloco de concessões em Mato Grosso estima investimentos na ordem de R$ 763 milhões

Leilão do aeroporto de Rondonópolis atrai investidores internacionais
Foto: arquivo/assessoria

Será lançado nesta quinta-feira (29) o edital de concessão do aeroporto de Rondonópolis. O edital será em bloco, pois também serão concedidos os aeroportos Marechal Rondon, na região metropolitana de Cuiabá; de Sinop, e Alta Floresta.

O evento acontecerá no Palácio do Planalto, com a presença do presidente Michel Temer.

Com a publicação do edital no Diário Oficial da União serão confirmados os valores de outorga, lances iniciais mínimos, requisitos para participação no consórcio, entre outras informações.

O bloco de concessões em Mato Grosso estima investimentos na ordem de R$ 763 milhões.

A expectativa é que sejam investidos mais de R$ 69 milhões no Aeroporto de Rondonópolis. Mato Grosso é o único estado a ter um bloco de aeroportos para concessão.

O prazo de concessão será de 30 anos para todos os blocos e aeroportos.

“Há muito estávamos ansiosos pelo trâmite desse processo de privatização. Trata-se de uma medida fundamental, que vai garantir investimentos e modernização dos nossos principais aeroportos” – frisou o senador Wellington Fagundes.

De acordo com informações do senador, já existem interessados de vários países e empresas operadoras internacionais que querem participar e já demonstraram interesse em participar dessas concessões.

Além dos aeroportos em Mato Grosso, também serão lançados os editais de concessão dos aeroportos Eurico de Aguiar Salles, em Vitória (ES); Macaé, no Rio de Janeiro; Aeroporto Gilberto Freyre, em Recife (PE); Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte (CE); Presidente Castro Pinto, em  João Pessoa – Bayeux (PB); Presidente João Suassuna, em Campina Grande (PB); Aeroporto Santa Maria, em Aracaju (SE); Zumbi dos Palmares, Maceió – Rio Largo (AL).